5 curiosidades sobre o algodão que você precisa conhecer

9 de agosto de 2018 Off Por Emerson Oliveira

Você sabia que a produção de algodão é uma das principais cadeias do Brasil, contribuindo para o PIB de modo significativo? As curiosidades sobre o algodão se estendem em uma longa lista, que vai desde a origem de seu nome até o seu uso para atividades nada associadas ao têxtil.

Sendo um dos materiais mais utilizados em todo mundo, o algodão é utilizado há muitos séculos, atravessando povos, gerações e fronteiras. Para saber um pouco mais sobre a cultura do algodão, acompanhe nosso artigo e descubra curiosidades que vão enriquecer o seu conhecimento sobre o material.

A origem do nome

O povo árabe, pioneiro no uso do algodão para fabricação de papéis e tecidos, foi quem batizou o algodão. Derivado da palavra al-quTum (ou “o cotão”), o termo quer dizer felpa, ou pelo que se desprende de outros tecidos.

Os derivados não demoraram a surgir em outras línguas: coton, em francês, cotone, em italiano, cotton, em inglês e, finalmente, algodón, no espanhol.

O uso para finalidades não têxteis

O caroço do algodão é utilizado para produzir óleo comestível e biodiesel, utilizado como lubrificante e como ingrediente de muitos alimentos. Sua mistura pode originar ainda rações para animais e adubos para a terra.

O algodão hidrófilo, de grande poder de absorção, tem seu uso hospitalar bastante reconhecido. Mas também pode ser utilizado para a fabricação de explosivos e para preparar pólvora.

A cor natural do algodão

Quando perguntam sobre a cor natural do algodão, a resposta é quase sempre branca, não é mesmo? Pois os tons originais da planta podem variar bastante, entre o marrom, o bege e caqui. Tais cores contribuem para maior diversidade de material da indústria têxtil, e com maior qualidade.

As tonalidades variam principalmente a depender da região em que ele é plantado, havendo registro de cores como o vermelho, o cinza, o verde, o roxo e até azul. O algodão utilizado em sua tonalidade natural dispensa o uso de corantes e, por isso, tem maior durabilidade.

O maior produtor mundial de algodão

O país que mais produz algodão no mundo é a Índia, com quase 6 milhões de toneladas anualmente. Esse valor é correspondente a um quarto da produção mundial, seguida de produtores como China e Estados Unidos.

No entanto, quem lidera a exportação do produto são os Estados Unidos, tendo a Índia em segundo lugar e o Brasil em terceiro. A indústria têxtil brasileira pode contar com uma variedade bastante extensa do algodão, trazendo possibilidades para vários tipos de confecção.

A origem em território brasileiro

No Brasil, há registro de plantio do algodão antes da chegada dos portugueses em nosso território. Presume-se que os índios produziam a planta para uso próprio. Os indícios da exploração comercial do algodão são de 1750, no Nordeste.

O Brasil chegou a ser líder em exportação nos séculos XVIII e XIX, sendo uma das principais matérias-primas da Revolução Industrial.

As curiosidades sobre o algodão já dão a extensão de seu uso e a necessidade do produto no mercado. Por ser um dos materiais mais utilizados na indústria têxtil em todo o mundo, ele concentra pesquisas que visam avanços tecnológicos e produtivos.

Em busca de processos mais modernos e eficientes, a produção do algodão tem ficado cada dia mais sofisticada.