Emissor gratuito de NF-e e CT-e serão desativados pela Sefaz de SP

A Secretaria da Fazenda (Sefaz) de Goiás informa que a Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo, a partir de 01 de janeiro de 2017, não estará disponibilizando o

Emissor gratuito de NF-e e CT-e serão desativados pela Sefaz de SP

A Secretaria da Fazenda (Sefaz) de Goiás informa que a Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo, a partir de 01 de janeiro de 2017, não estará disponibilizando o emissor gratuito da Nota Fiscal Eletrônica (NF-e), versão 3.10. E que uma nova versão não será desenvolvida.

A Coordenação de Documentários Fiscais, da Gerência de Informações Econômico-Fiscais (Gief), esclarece que a partir dessa data não será possível fazer download, mas os usuários que tiverem o aplicativo instalado em seus computadores poderão continuar utilizando o programa até que novas atualizações das regras de validação da NF-e interrompam o funcionamento do sistema.

Também o emissor gratuito do Conhecimento de Transporte Eletrônico (CT-e), versão 2.0, será desativada e a versão 3.0 não será desenvolvida pela Sefaz paulista. Nesse sentido, os usuários que tiverem o emissor instalado em seus computadores poderão continuar utilizando o aplicativo até que as atualizações das regras de validação do CT-e impeçam o funcionamento.

A Sefaz goiana recomenda que os usuários busquem outras soluções disponíveis no mercado ou o desenvolvimento próprio com antecedência para evitar problemas que impeçam a emissão de notas a partir de 01 de janeiro de 2017.

Fonte: Sefaz GO